Como interagir com o Espírito Santo?

Como podemos interagir com alguém que não podemos ver, tocar ou simplesmente ouvir com os ouvidos humanos?

Parece loucura quando ouvimos pessoas dizendo que conversam com o Espírito Santo, que Ele responde e ainda indica caminhos ou os auxilia nas orações que fazem diariamente ao Altíssimo. Pode até parecer, mas não é nenhuma loucura. É a promessa feita por Jesus aos seus discípulos quando retornou aos céus após ter estado entre nós em sua ressureição.

Em João, capítulo 14 e versículos 15 a 17 Jesus diz que subirá aos céus, mas pedirá ao Pai que envie um Consolador para que esteja conosco até a consumação dos séculos. Esse Consolador atende pelo nome de Espírito Santo.

Quem é o Espírito Santo?

Já podemos ver o agir do Espírito Santo no inicio de tudo, quando Ele pairava sobre a face do abismo (Gênesis 1:2).

O mesmo Espírito Santo que esteve cuidado do nosso planeta na semana da criação, zelando-o enquanto permanecia sobre a face das águas, quando tudo aqui ainda era sem forma e vazio, é o mesmo que fala conosco e nos revela a identidade de Jesus Cristo (1 Coríntios 12:3).

Devemos interagir com o Espírito Santo

Se você pode falar com Deus, também pode interagir com o Espírito Santo.

É impossível viver neste mundo sem que tenhamos o auxílio do Consolador, a quem Cristo se referiu aos seus discípulos.

O Espírito Santo é uma pessoa

Como eu posso afirmar que um Espírito é uma pessoa? Cientificamente a minha tese seria excomungada, todavia não falamos de ciências quando queremos provar do maná do Senhor em nossas vidas.

Em João 16:14, Cristo diz aos que estiveram com Ele em seu ministério na terra que o Espírito Santo viria e o glorificaria e vo-lo anunciaria aos homens.

Como interagir com o Espírito Santo? Fica fácil de responder se partirmos do pressuposto de que Ele é de fato uma pessoa, não uma pessoa qualquer, mas a Pessoa da trindade que é capaz de falar, pensar, sentir e agir assim como nós.

O Espírito Santo interage e nos ensina

O Consolador é o nosso professor na matéria celestial.  Em João 14:26 é relatado que Ele nos ensinará as coisas e nos fará lembrar de tudo que Cristo disse quando aqui esteve. Essa é uma das formas que se pode interagir o Espírito Santo.

Não entristeça o Espírito Consolador de Deus

Outra prova de que Ele é uma pessoa é que pode se entristecer. Não é dado a um simples espírito sentimentos, mas ao Espírito Santo sim.

A palavra nos exorta que de não devemos entristece-lo, segundo o apóstolo Paulo em sua carta aos efésios: “E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.” (Efésios 4.30)

Ele toma decisões

Como interagir com o Espírito Santo implica em entender que Ele toma decisões, vejamos em Atos 15:28: “Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas essenciais.”

Por último saiba

O Espírito Santo zela por você, zela por mim e zela por todo aquele que compreende que Cristo é filho de Deus e nosso advogado à direita do Pai. O Espírito é capaz de interceder por nós frente ao Dono da vida, como vemos a partir de Romanos 8.26-27: “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos.”

Mário Antonio Marques Fascio

Presidente Administrativo da IVPD

Namoro Cristão

O tema namoro cristão é um assunto bastante abordado em centenas de igrejas na atualidade. Cada vez os adolescentes estão em busca de relacionamentos, tentando suprir uma carência que há 20, 30 anos atrás era inexistente. Mas os tempos mudam, não é mesmo? Sim, os tempos ganham novas caras, mas a bíblia continua a mesma – atemporal.

A seguir, vamos tentar compreender, juntos, a dinâmica a respeito de como deve ser o namoro cristão, o que procurar nessa relação, como vencer as tentações da carne e a idade adequada para o início de um relacionamento saudável e duradouro. Vejamos:

Como deve ser um namoro cristão?

Nenhum relacionamento vem com manual de instruções, certo? Errado! À luz da bíblia temos respaldos sobre como conduzir os nossos relacionamentos, sejam eles namoro, noivado, casamento ou com nossos pais e filhos, amigos, chefes… tudo é uma questão de ouvir o que diz a palavra de Deus.

O namoro cristão deve obedecer ao que ordena a bíblia, respeitando o nosso corpo o qual serve de morada para o Espírito Santo de Deus, respeitar a pessoa que está ao seu lado e principalmente crescer como indivíduo.

Entenda que é no namoro que se forma o dito “sermos um” após o casamento. Conheça a pessoa que está ao seu lado, observe o que ela pensa e espera de um relacionamento com Deus. Não é pecado namorar e no meio do caminho desistir, ao descobrir que aquela pessoa não tem a sua fé alicerçada o suficiente para conduzir uma relação à dois. Pior será permanecer em uma relação (namoro) cuja saúde espiritual está debilitada ou até mesmo inexiste.

Em um namoro cristão procure:

  • Não deixar de orar;
  • Evite ficar sozinho com o(a) namorado(a);
  • Não deixe de ler a bíblia;
  • Tenha mentores de qualidade na igreja;
  • Namore sabendo que o próximo passo deve ser o noivado e posterior casamento;
  • Não se isole dos amigos saudáveis e que te fazem crescer na fé;
  • Ouça sempre os seus pais;
  • Saiba que o(a) seu(sua) namorado(a) não deve ser mais importante que Deus;
  • Sejam amigos um do outros, mas não apenas amigos, MELHORES AMIGOS.

Como vencer os desejos da carne?

Há uma só pessoa em todo o universo que é capaz de nos conduzir à vitória contra os desejos da carne, sejam eles sexuais, de jogos ou qualquer outro tipo de situação que possa nos levar ao declínio da vida cristã e social, chama-se Espírito Santo.

Somente o Espirito Santo é capaz de nos conduzir por um namoro cristão sadio, explorando as qualidades pessoais e intelectuais do(a) parceiro(a) que podem nos fortalecer na fé, não as físicas. Bem sabemos, como dizem as escrituras em Eclesiastes 3:1-8, quando nos declara que “há tempo para todas as coisas debaixo dos céus”.

Não se precipite, aguarde o tempo certo para o seu desejo e, no que tange ao sexual, somente após o casamento.

Qual a idade adequada para iniciar um namoro cristão

Não temos essa informação na bíblia, talvez por não haver de fato uma idade correta para iniciar uma relação amorosa. Só que devemos ter o bom senso, e com já bem mencionei acima – ouvir os pais é de suma importância para uma vida equilibrada – vamos aos pontos que podem te ajudar a entender quando iniciar um namoro cristão:

Seja maduro o suficiente para conduzir uma relação;

Certifique-se que a pessoa ao seu lado tem maturidade;

Converse com seus pais;

Seja amigo em todo tempo;

Converse com o seu líder na igreja;

Peça auxílio do pastor;

Saiba que o namoro é um ensaio para o casamento, não um passa tempo de final de semana;

Coloque em sua mente que essa relação, se for saudável é pra toda uma vida;

Ouça a voz de Deus através das leituras bíblicas;

Cerquem-se de amigos saudáveis;

Caminhem juntos na fé;

Orem juntos;

Frequentem a igreja juntos;

A traição não é um “ponto e vírgula” entre uma briga e outra.

Considerações finais

Se você tem a intenção de namorar determinada pessoa, ore a Deus, peça que Ele te ajude nessa escolha. Peça a Deus olhos de águia para que possa compreender a fundo a outra pessoa. Chame-o(a) para uma conversa e esqueça a timidez, pois a bíblia diz que os tímidos não herdarão os céus (apocalipse 21:8).

É difícil se declarar? Então seja antes de tudo amigo daquela pessoa. Afinal, um relacionamento é sobretudo um laço eterno de amizade e fidelidade.

Mário Fascio

Presidente da Igreja Virtual Povo de Deus – IVPD

P.S: Direitos reservados para IVPD, você pode copiar desde que mencione autor e fonte.