Adolescentes fazem 9 pessoas da mesma família reféns por mais de 3 horas, em Macapá

Grupo chegou a transmitir numa rede social onde apontava arma para uma criança de 8 anos. Após negociação, dois foram detidos e um fugiu.

Vejam:

Três adolescentes invadiram uma residência na noite de quinta-feira (28) no distrito do Coração, na Zona Oeste de Macapá. Eles fizeram reféns nove pessoas da mesma família. A polícia foi acionada e a negociação durou cerca de 3 horas.

De acordo com o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), vizinhos viram e denunciaram a invasão. A ocorrência foi atendida pelo 6º Batalhão da Polícia Militar (PM), Batalhão Força Tática e Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O Ciodes informou ainda que entre as vítimas estavam um bebê e uma criança de oito anos, que apareceram numa transmissão ao vivo sob a mira de uma arma, enquanto um dos adolescentes fazia exigências.

Durante a negociação as 2 crianças e uma senhora foram liberadas. Os adolescentes dispararam tiros que atingiram a vidraça da casa. Algumas vítimas tiveram cortes nos pés causados por estilhaços dos vidros.

Duas armas verdadeiras e uma de brinquedo foram apreendidas na operação — Foto: PM/Divulgação

Duas armas verdadeiras e uma de brinquedo foram apreendidas na operação — Foto: PM/Divulgação

Um adolescente conseguiu fugir levando joias e objetos no valor de R$ 10 mil, além de R$ 3,5 mil em dinheiro. Duas armas de fogo e outra de brinquedo foram encontradas. Os dois que ficaram na casa foram apreendidos e encaminhados para a delegacia da Polícia Civil.

De acordo com a PM, os envolvidos moram em área de alagado na região chamada Ponte da Moinha, no bairro Novo Horizonte, Zona Norte, e são apontados como autores de outros atos infracionais análogos a roubos e furtos.

A PM disse ainda que eles realizaram o delito a mando de uma facção de dentro do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá.

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/05/29/adolescentes-fazem-9-pessoas-da-mesma-familia-refens-por-mais-de-3-horas-em-macapa.ghtml

Câmara de Santana, aprova requerimento para a chamada de servidores municipais em especial a Secretária de Saúde Municipal.

Por requerimentos da vereadora professora Helena, presidente da r. casa de leis, foi aprovado ontem pela câmara municipal de Santana pedido de comparecimento da secretária de saúde municipal de Santana-AP, para explicar a operação expurgo!

Intitulada “Operação Expurgo”, a ação investiga irregularidades e aplicação indevida de quase R$ 2 milhões na contratação sem licitação de uma empresa para ações de limpeza e desinfecção visando o combate à Covid-19 no segundo maior município do estado.

Por Mário Antonio Marques Fascio (Fascio)

Ataques com armas brancas deixam um morto e outro ferido em Santana

Dois ataques registrados na noite de quarta-feira (20) em área de passarela localizada no final da Avenida 15 de novembro, bairro Fonte Nova, no município de Santana, distante 17 quilômetros de Macapá, deixaram um homem morto e outro ferido.

Segundo o Centro Integrado em Operações da Defesa Social (Ciodes), por volta de 22h35 houve a comunicação de um suposto homicídio no local. Policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) foram deslocados para região, mas ao chegarem na passarela foram informados de que um homem havia sido levado para o Hospital de Santana com ferimentos provocados por arma branca.

Tiago Moraes Braga, de 21 anos, o ‘Pipoca’, apresentava ferimentos no ombro esquerdo, braços e cabeça, porém, de acordo com os médicos, ele estava fora de perigo. Cerca de uma mais tarde, deu entrada naquela casa de saúde José Muniz da Silva Neto, de 39 anos, também ferido por golpes de arma branca na mesma passarela. Ele havia sido socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Por volta de 2h da manhã desta quinta-feira (21), os médicos comunicaram o óbito.

Ainda de acordo com o Ciodes, a polícia recebeu denúncias de que um elemento conhecido como ‘Gegeca’ foi o mandante e chegou a participar dos ataques. Várias diligências foram realizadas na região, mas ele não foi localizado. A polícia acredita que os ataques estejam relacionados à disputa de facções naquela área.

O corpo de Muniz foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado. Nenhum dos envolvidos no homicídio e tentativa de homicídio havia sido preso até o final da manhã desta quinta-feira.

Fonte: https://www.diariodoamapa.com.br/cadernos/policia/ataques-com-armas-brancas-deixam-um-morto-e-outro-ferido-em-santana/

Trio que preparava ataque contra rivais morre em confronto com o Bope em Santana, no AP

Submetralhadora, espingarda e pistola foram apreendidas no esconderijo dos suspeitos. Caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (15) no bairro Paraíso.

Três homens suspeitos de integrarem uma facção criminosa foram mortos na tarde desta sexta-feira (15) durante troca de tiros com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá.

Eles estariam preparando um ataque contra um grupo rival ao deles, informou a corporação. O confronto aconteceu por volta de 13h numa casa no bairro Paraíso, localizada na Rua Tancredo Neves.

Dentro da residência foram apreendidas três armas de fogo: submetralhadora, espingarda e pistola. Os suspeitos baleados receberam atendimento médico, mas nenhum deles resistiu aos ferimentos e morreram no local. De acordo com o Bope, a ocorrência ainda está em andamento.

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/05/15/trio-que-preparava-ataque-contra-rivais-morre-em-confronto-com-o-bope-em-santana-no-ap.ghtml

Fogo suspeito na lagoa azul, no km 09, linha E

Tudo indica que carro da secretaria de saúde de Santana, levou documentos para queimar na lagoa azul, no km 09, linha E, documentos que pudessem comprometera administração, ocorre que no percurso existem muitas câmaras, e a Polícia Federal, já foi avisada e começou as investigações. Veja o vídeo retirado de mídias em grupo de Whatsaap.

Prefeito Ofirney Sadala e Secretaria de Saúde pedem uso da palavra na sessão legislativa da câmara municipal de Santana

Ofício encaminhado hoje para câmara de Santana perfeito Ofirney pede uso da palavra na sessão Virtual realizada pela câmara de vereadores .

Com intuído de prestar esclarecimentos a população a secretaria de Saúde Maira Nascimento também estará na sessão , em sínteses alegam que os processos licitatórios ainda estavam em fase de elaboração e que nenhum real foi liberado para pagamento .

Câmera se pronuncia sobre operação expurgo

Nota da câmara

Nota Pública da Câmara Municipal de Santana

A presidente da Câmara Municipal de Santana, no uso de suas atribuições legais, vem a público para manifestar o descontentamento de todos os cidadãos santanenses, por esta casa representados, quanto à Operação Expurgo, deflagrada pela Polícia Federal nesta segunda-feira dia 11 de maio de 2020, que cumpriu mandado de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Saúde, na casa de servidores da Prefeitura Municipal de Santana e na casa de empresários, tendo como objetivo investigar irregularidades na contratação direta de serviços de limpeza, desinfecção e assepsia no combate à COVID 19, no município de Santana.

Ante o desconhecimento desta Casa Legislativa do conteúdo da denúncia que deu início ao inquérito da Polícia Federal, a Câmara Municipal de Santana vem a público informar que tomará todas as medidas legais cabíveis de sua responsabilidade, com o pedido de esclarecimentos junto à Prefeitura Municipal, bem como a convocação dos agentes públicos envolvidos para prestarem esclarecimentos no Plenário deste Poder Legislativo Municipal, já na próxima sessão.

Não podemos nesse momento ímpar deixar que nosso município seja desonrado de seus valores morais e materiais, resguardando sempre o devido processo legal, a fim de proteger nossos valores e nossas autoridades, pelo povo constituídas, sem, contudo, fazer juízo de valor ou prejulgamento dos fatos.

Santana, 11 de maio de 2020.

Helena Pereira de Lima
Presidente – CMS

Dupla executa ex-presidiário a tiros em Santana

Vítima foi alvejada com mais de dez tiros de pistola calibre Ponto 40. Execução ocorreu próximo à arena do bairro Provedor I, no município de Santana.

O ex-presidiário Vagner Dias Marreiros, de 32 anos, foi executado com mais de dez tiros de pistola calibre Ponto 40 na noite de domingo (10) próximo à arena do bairro Provedor I, no município de Santana, distante 17 quilômetros da capital, Macapá.

Testemunhas relataram que ele seguia em companhia da esposa quando dois homens surgiram na rua L2, já com armas em punho. A vítima correu por cerca de dois quarteirões até ser alcançada e alvejada. Vários disparos foram efetuados depois que o homem caiu.

Em seguida a dupla fugiu sem ser identificada. Homens do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) realizaram diligências na região, mas não localizaram os atiradores. O corpo da vítima  foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado.

A Polícia Civil esteve no local e iniciou as investigações para apurar o crime. Ainda não se sabe a motivação para o assassinato. Vagner Marreiros tinha mais de 20 processos na justiça e já havia sido recolhido diversas vezes no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

Fonte: https://www.diariodoamapa.com.br/cadernos/policia/dupla-executa-ex-presidiario-a-tiros-em-santana/

Polícia Federal apura aplicação irregular de R$ 1,8 milhão no combate ao coronavírus em Santana/AP

Secretaria de Saúde do município amapaense teria dispensado licitação e contratado empresa através de certame direcionado.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira (11/5), a Operação Expurgo* para investigar irregularidades na contratação direta de serviços de limpeza, desinfecção e assepsia no combate à COVID-19, no município de Santana/AP.

Na ação, em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF), cerca de 30 policiais federais estão cumprindo sete mandados de busca e apreensão em Macapá/AP, nas residências de empresários, e na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Santana/AP (SEMSA/PMS).

Na investigação, verificou-se que a contratação de empresa especializada para a prestação de serviços de limpeza, conservação e higienização em ambiente hospitalar e com fornecimento de material e equipamentos, para atender as necessidades da SEMSA/PMS, foi realizada por meio de dispensa de licitação, pelo valor de mais de R$ 1,8 milhão, oriunda de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado com o MPF.

Apurou-se ainda, que empresários foram aliciados para participarem de esquema em fraude à licitação, por meio de apresentação de propostas com valor acima do mercado, com o objetivo de direcionamento do certame à determinada empresa já previamente escolhida.

O modus operandi do esquema fraudulento teve participação de um funcionário da Secretaria de Estado de Desenvolvimento das Cidades (SDC), que seria o responsável pelo contato inicial com os empresários, atuando como interposta pessoa do órgão de saúde daquele município.

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, peculato e integrar organização criminosa, e, se condenados, poderão cumprir pena de até 24 anos de reclusão.

* Expurgo: A palavra faz menção à eliminação ou expulsão de alguma substância nociva (o coronavírus) ou de um grupo de pessoas consideradas inconvenientes.

Fonte: http://www.pf.gov.br/imprensa/noticias/2020/05-noticias-de-maio/policia-federal-apura-aplicacao-irregular-de-r-1-8-milhao-no-combate-ao-coronavirus-em-santana-ap
Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Em Santana, polícia civil prende foragida da justiça

Luiza Maia

Nesta quarta-feira, 6, a Polícia Civil do Estado do Amapá, através da 2ª Delegacia de Polícia de Santana (2ª DPS), com o apoio da 1ª Delegacia de Polícia de Santana, Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio e Divisão de Capturas, prendeu uma mulher de 33 anos de idade, indiciou um homem de 19 anos de idade e recuperou um celular.

A mulher foi presa em sua residência, localizada no bairro Hospitalidade, através do cumprimento de mandado de prisão definitiva pela prática do crime de receptação, expedido pela 2ª Vara Criminal de Santana. A condenada foi encaminhada ao Iapen.

O rapaz indiciado foi encontrado no mesmo local onde houve a prisão de um homem que responde a 17 inquéritos pelo crime de roubo. Quando os policiais civis chegaram à casa localizada no bairro Vale das Bênçãos, verificaram que o aparelho celular que o jovem possuía havia sido furtado em 2018, em Macapá. De imediato, o Delegado Danilo Brito, apreendeu o celular e conduziu o jovem à 2ª DPS para os procedimentos policiais cabíveis.

De acordo com o Delegado, o rapaz informou que comprou o celular em Santana sem nota fiscal. Ele foi indiciado pela prática da receptação e o objeto será devolvido à proprietária, que mora em Macapá.

Fonte: http://agazetadoamapa.com.br/noticia/6844/em-santana-policia-civil-prende-foragida-da-justica-indicia-homem-por-receptacao-e-recupera-celular-furtado-em-macapa