A MULHER ENVERGADA

(Lucas 13:10-17)

A primeira lição que se aprende nesse versículo é que ninguém que precise de socorro passará despercebido por Jesus Cristo. O Senhor a chamou e a quis curar. O Senhor tem poder para fazer tudo o quanto achar que deve ser feito, na hora que entender como adequada, em todo e qualquer tempo da história. Seja para o justo ou para o ímpio.

Jesus ensinava

Em Lucas 13:10, podemos observar que Jesus ensinava. Jesus não era um louco que apenas saía pelas ruas aos gritos dizendo ser o Deus encarnado, antes, baseado nas escrituras, também ensinava como os demais rabinos.

Jesus era um com eles, mas muitos não quiseram ser um com Cristo.

Mulheres nas sinagogas

Jesus agiu sobremaneira de forma a confundir os religiosos, pois naquela época às mulheres não tinham nenhum papel de destaque, tampouco poderiam ser percebidas nas sinagogas, devendo-as somente obedecer aos seus maridos e manterem-se caladas.

Não somente destacou uma mulher, como também a curou num dia dito como sendo para não trabalhar.

Os milagres de Jesus

Neste episódio, além de curar, Ele deixa claro para todos os presentes que curas e milagres não são trabalhos, são a misericórdia do Senhor se renovando aos que creem e acreditam que Ele é o filho de Deus.

Outro recado que Jesus nos deixa

O Senhor leciona até os dias de hoje, mantendo-se como o nosso mestre supremo de agora e por toda a eternidade. Cristo deixa claro que qualquer grau tortuoso que haja em nossa vida pode ser endireitado com apenas uma palavra que saia de sua boca. Não há homem (na junção dos gêneros) que seja capaz de permanecer o mesmo quando tem um encontro verdadeiro com o Unigênito de Deus.

Ele liberta

Jesus reforça para as testemunhas oculares e para nós que ELE liberta. O Senhor continua a libertar-nos dos mais sombrios cativeiros que possam existir. Doenças, vícios, maldições, assombrações… Cristo liberta!

Os milagres são o caminho para glorificarmos ao Senhor

Deus é glorificado em sua misericórdia. O Senhor é glorificado por suas obras, por quem Ele é. Deus é amor, suas misericórdias são um exemplo do seu amor. Nós como o motivo do Seu amor.

Repreensão aos hipócritas

Quantos de nós, após realizar alguma tarefa que beneficiou a um certo alguém, mas não trouxe mudanças aparentes na vida de outras pessoas não fomos oprimidos por eles? Todos já passamos por situações onde alguns tentaram nos envergonhar ou repreender por algo que segundo seus entendimentos era fora do normal? Assim aconteceu com Jesus, o dirigente da sinagoga, indignado, tentou agir dessa maneira quando afirmou que haviam seis dias para que aquilo fosse realizado, mas que no sábado não era o momento. Mas Jesus o ensinou; ensinou ao hipócrita que se ele pode dar de beber ao seu rebanho (isso sim um trabalho), por que Ele não poderia curá-la? Veja, DEUS AGE COMO QUER, QUANDO QUER E NA HORA QUE BEM ENTENDE. NÃO HÁ TRADIÇÃO OU RELIGIOSIDADE CAPAZ DE FREAR O AMOR O DEUS.

A presença do Senhor é alegria para o povo

Ele não só cura como também traz vergonha aos seus adversários e alegria aos que o Adoram. Adoremos ao verdadeiro e único Deus. Adoremos àquele que veio e tornará a vir para novamente estar entre nós. Esperemos, pois certamente ELE vem e não demora!

Mário Fascio – Presidente da IVPD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *