Infectado por Covid-19, professor no AP é notificado após desobedecer medidas de proteção

A Polícia Civil do Amapá notificou por desobediência nesta quinta-feira (7) um homem, de 30 anos, infectado com o novo coronavírus no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá. De acordo com a corporação, ele vinha se recusando receber o resultado do exame e cumprir o isolamento social.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde o exame do homem, que trabalha como professor, foi feito no dia 21 de abril após coleta no Centro de Operações Emergenciais da Covid-19 no município.

Desde então, duas tentativas da entrega formal do resultado foram feitas: na terça-feira (5) e quarta-feira (6). Mesmo morando com a mãe idosa, de 71 anos, há informações que o infectado sai de casa e não usa equipamento de proteção individual.

“Já se tinha notícias que ele sai, que não usa máscara…tanto que nos recebeu sem qualquer material de proteção individual: foi na porta descalço, de bermuda, sem máscara, sem luva, sem nada”, detalhou a delegada Luiza Maia, da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Santana.

Delegada Luiza Maia da 2ª Delegacia de Santana — Foto: Caio Coutinho/G1

Delegada Luiza Maia da 2ª Delegacia de Santana — Foto: Caio Coutinho/G1

O professor foi advertido pela desobediência, recebeu o resultado do exame e orientações sobre os cuidados devidos na casa onde mora, no bairro Remédios 2. Porém, segundo a delegada, ele não demostrou preocupação com a situação de saúde.

“Embora ele tenha ficado com um ar debochado, displicente, não mostrando nenhum sinal de que vai colaborar, nós não agimos no poder de policial da segurança pública porque eu não entendi que se caracterizava um desacato”, explicou.

Centro de Atendimento a pacientes com Covid-19 em Santana, no Amapá — Foto: Jorge Júnior/Rede Amazônica

Centro de Atendimento a pacientes com Covid-19 em Santana, no Amapá — Foto: Jorge Júnior/Rede Amazônica

De acordo com a polícia, a partir de agora o infectado será monitorado. Caso seja confirmado que está descumprindo o isolamento social, ele poderá ser preso preventivamente, em uma cela isolada, por colocar em risco a saúde coletiva.

“Nós estamos observando ele no sentindo de ver se vai quebrar as condições restritivas, uma vez que ele sabe que é infectado. Entendo eu, que mesmo assim ele saindo de casa, ele pode estar tipificando um crime mais grave para saúde coletiva. Vamos aguardar o posicionamento desse rapaz, porque ele pode colocar a saúde da população em risco”, indicou a delegada.

Em Santana, até esta quinta-feira, eram novem óbitos em decorrência da Covid-19 e 347 casos confirmados, segundo boletim do governo estadual.

Isto é um mal exemplo, pois além de se prejudicar, prejudica pessoas que nada tem haver com ele, para um professor deveria tomar consciência e ver que a comunidade está acima dele.

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/05/07/infectado-por-covid-19-professor-no-ap-e-notificado-apos-desobedecer-medidas-de-protecao.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *